Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Quem é ela?

Não sei se é cedo demais. Será que é? Sei que definir limita e blá, blá (já li isso no orkut de alguém, hahaha). Mesmo assim vou tentar. Vou tentar apresentar minha filhota, tentar traduzir em palavras quem é ela. 

Primeiro foi o desejo de ter um bebê. O sonho. A idealização. A gestação chegou. Êxtase puro. Encantamento. Lua de mel. E mais idealização. A gente sonha com aquele bebê de novela, perfeito, que mais parece boneca do que gente. Eu pensava que ela seria daquelas que mamam a cada três horas e que dorme nos intervalos. Eu estava enganada. Ela é perfeita sim! Linda como uma boneca. Mas não tem nadinha de passiva, nunca teve! 

Tá bom, parei de enrolar. Por onde começo? Hum, tá, vamos por pontos. É assim:

Ela é exigente. Ah, e muito! Ela gosta de tudo do jeito dela. Ela já chorou seu choro mais intenso por coisinhas pequenas, como a posição que julgou desconfortável no carrinho, ou uma calça que a fazia sentir calor. Se está com fome, chora como se não mamasse há semanas, rá! Certa ela, né? Ela aprendeu a reclamar (é, reclamar mesmo, não chorar) e - por enquanto - eu acho fofo. Vamos ver daqui a uns, - deixe-me ver - uns quinze anos! 

Ela é curiosa. Observa tudo atentamente. Nada lhe escapa aos olhos. Cores fortes, brilho,luzes. Coisas pequenas, coisas grandes. O cachorro. Ela adora ver o movimento da rua. Ela ama ver as crianças brincando na pracinha. Ela tenta pegar flores nas estampas dos tecidos. Se encanta com os móbiles, chocalhos, ursinhos, bonecas. Ela presta atenção em sons e imagens novos (e tudo pra ela é novo). 

Ela é desconfiada. Como eu sei? Ela nunca demonstra intenso interesse pelo que apresentamos a ela de imediato. Ela primeiro presta atenção, observa, fica séria. Se eu entrego a ela um brinquedo novo, ela olha, pega, tenta por na boca, desdenha. Parece nem se importar. Em outra ocasião a gente entrega a ela o mesmo brinquedo e ela fica toda empolgada. Quando conhece gente nova, me olha com uma cara de "é de fé?". Se eu demonstro confiança ela percebe e aceita o novo colo. Se ela saca que eu não tô curtindo, ela abre o berreiro, hehehe!

Ela é carinhosa. Ai, como é! Ela toca delicadamente o meu rosto enquanto mama. Ela acorda sorrindo. Ela toca delicadamente o meu rosto quando acorda. Ela faz carinho no rosto do papai também. Em troca eu retribuo, dou-lhe mais carinho, acaricio seu rostinho, seus cabelos, para que ela perceba que carinho, quanto mais se dá, mais se recebe.

Ela é higiênica. Eu não encontrei outra palavra não, hohoho. Mas ela ama banho, chora(va, tá mocinha) quando sai. Ela odeia ficar com a fraldinha suja de cocô ou xixi. É reclamação certa. Roupa babada? Outra fonte de reclamação. Ela ama a higiene bucal, roupinha limpa e cheirosa, banho e coisa e tal!

Ela tem bom gosto. É! Ela curte Los Hermanos, O Teatro Mágico, Gato Zarolho (banda aqui da terrinha que é tudibom). Ela gosta de roupa vermelha. Gosta de natureza (aprecia as árvores da pracinha, gato e cachorro e um quadro desses comprado em magazine que tem aqui em casa com um desenho enorme de uma orquídea). E - olha só a prova cabal do bom gosto - a pessoa que ela mais gosta no mundo sou eu (tá bom, quase empatado com o papai e também curte de montão a vovó). =P

É, ela é isso e muito mais. Só nos conhecemos pessoalmente há 4 meses, ainda estamos nos descobrindo. Ela está se descobrindo. 

É interessante isso. A gente pensa que o bebê vem como um caderno, folhas em branco com linhas pra gente escrever o que quiser. Mas não é bem assim não. 

Eu diria que é como um livro inacabado, que só tem o início da história. A gente recebe um começo, mas o restante a gente vai construindo, escrevendo junto, desenhando. O roteiro não está pronto. Cada dia, capítulos emocionantes vão sendo registrados. 

Quem é ela? Ela é meu best-seller, meu livro de cabeceira!


3 comentários:

Tata disse...

coisa mais linda...
imagina só tua mocinha lendo a descrição dela pela mãe daqui a alguns anos?
beijo!

Beta disse...

Ai q linda sua princesinha!! Amei conhecê-la!! :)

Marla Stern disse...

Que gostoso ver vc descrevendo sua filhota assim... amei!!